Se você acaba de desembarcar no mundo do empreendedorismo, é preciso conhecer algumas palavras frequentes no vocabulário dessa área. Muitos termos são em inglês e não podem ser traduzidos ao pé da letra. Pensando nisso, preparamos um mini glossário com alguns termos e expressões que estão na rotina de qualquer empreendedor e que é fundamental que você conheça:

Aceleradora

É o nome ‘moderno’ para as incubadoras. Enquanto as incubadoras estão mais ligadas a universidades e a projetos governamentais, as aceleradoras são financiadas com capital privado e apoiam startups, empresas de alto potencial de crescimento. A aceleração pode incluir apoio financeiro, mas está baseada principalmente no suporte à criação e ao desenvolvimento do negócio, com sessões de coaching e mentoring durante um período.

Break-even

Em português, um ‘ponto de equilíbrio’. É quando os custos da empresa são iguais às suas receitas. Como tudo que a empresa recebe paga somente as despesas, o lucro (ou resultado do período), acaba sendo 0, nesse caso.

Benchmarking

Processo de avaliação de uma empresa em relação à concorrência. É feito através de uma investigação minuciosa, com foco em identificar os diferenciais competitivos e características dessas empresas, com o intuito de aperfeiçoar os seus próprios métodos e produtos.

Budget

É frequentemente utilizado no meio empresarial para designar orçamentos feito por uma empresa, onde são inseridas variáveis de custos, receitas e despesas, definindo um plano de contas.

Capital de giro

São os recursos financeiros utilizados para cobrir os custos do dia a dia da empresa e para sustentá-la entre o pagamento de despesas e o recebimento da receita de clientes.

Canvas

O método Canvas é um modelo de negócios, ou business model, muito utilizado no mundo empreendedor.Sua estratégia consiste em planejar e desenvolver os valores e metas de uma empresa, através de um mapa visual formado por nove blocos com tópicos como: segmentação de clientes, custos, recursos e parcerias, fontes de receita, atividades principais, dentre outros.

Captação de recursos

Obter investimentos, o que pode ser feito por meio de empréstimos bancários, agências de fomento, fundos de investimentos ou investidores-anjos. Descubra como captar recursos no curso online da Endeavor de Acesso a Capital.

CEO (Chief Executive Officer)

É o principal executivo, presidente, superintendente ou diretor de uma empresa. As pessoas costumam fazer confusão quando a empresa tem os dois: CEO e presidente. Nesse caso a função do segundo é mais representativa.

Co-working

Espaço de trabalho compartilhado por diversas empresas, que passam a poder se relacionar e a trocar conhecimentos.

Crowdfunding

Obtenção de capital através de financiamento coletivo, em geral de pessoas físicas interessadas na iniciativa. Existem plataformas on-line especializadas nisso.

Crowdsourcing

Forma de conseguir serviços/ajuda de forma colaborativa para geração de conteúdos, solução de problemas, desenvolvimento de novas tecnologias, geração de fluxo de informação e afins.

Early stage

São consideradas empresas em early stage (estágio inicial) as que possuem até três anos de existência.

Elevator pitch

Apresentação da ideia do negócio em aproximadamente 30 segundos (o tempo que uma pessoa passaria no elevador).

Empreendedorismo corporativo ou Intraempreendedorismo

Significa empreender dentro da organização na qual se trabalha. O intraempreendedor enxerga nos problemas do dia a dia oportunidades de crescimento para a empresa, sendo capaz de inovar sistêmica e constantemente. Descubra como implementar uma cultura intraempreendedora em sua empresa no curso online da Endeavor sobre Cultura.

Empreendedorismo social

O empreendedor social cria negócios com fins lucrativos, mas que propõem soluções inovadoras para problemas sociais ou ambientais, como lixo, educação e saúde. Ele está focado em mobilizar pessoas e trabalhar por uma causa para realizar verdadeiras transformações na sociedade.

Escalabilidade

Capacidade de replicar o produto/serviço com facilidade atendendo a um grande público ou abrangendo um grande mercado consumidor. Aprenda a escalar o seu negócio para se tornar um empreendedor de alto impacto no curso online da Endeavor sobre como Escalar e Inovar.

Home Office:

O home office literalmente significa “escritório em casa”. É normalmente usado por trabalhadores independentes, além disso algumas empresas possuem este sistema de trabalho quando os funcionários não precisam ou não podem trabalhar no escritório.

Incubadora

As incubadoras têm um perfil mais adequado para quem precisa de tempo e muito conhecimento para estruturar seu negócio. Depende de subsídios governamentais e provavelmente vai precisar de uma quantidade relativamente grande de investimentos para acontecer.

Investidor-anjo

Os angels são profissionais experientes que têm capital disponível para investir em novos empreendimentos. Em troca desse capital, esperam um percentual da empresa investida.

MEI

Sigla para ‘Micro Empreendedor Individual‘, é a pessoa que trabalha por conta própria e se legaliza como empresário.

Mergers and Acquisitions (M&A)

Termo em inglês para ‘Fusões e Aquisições’ (abreviado M&A), é tanto um aspecto da estratégia corporativa e finanças corporativas quanto compra, venda, divisão e combinação de diferentes empresas.

Networking

Ter ou estabelecer uma rede de contatos. ‘Fazer networking’, como é empregado, costuma ser uma ótima forma de ampliar a qualidade de seus relacionamentos e transformá-los em benefício mútuo no meio profissional.

PME

É a sigla para pequenas e médias empresas. Uma pequena empresa possui de dez a 49 funcionários. Já uma empresa de médio porte possui entre 50 e 249 funcionários.

ROI

Sigla da tradução de ‘Retorno sobre Investimento’, corresponde a um percentual da quantidade de dinheiro ganho em relação à quantidade de dinheiro investido.

Seed capital

Capital ‘semente’, aquele capital que se capta quando o negócio está em sua fase inicial, para que ele possa dar seus primeiros passos no mercado.

Spin-off

Criação de uma nova empresa de produtos ou serviços inovadores, criados inicialmente a partir de um projeto em uma ‘empresa-mãe’. Geralmente, os empreendedores do novo negócio trabalharam antes no desenvolvimento desse projeto na empresa-mãe, que gerou o spin-off.

Stakeholders

Stakeholders são todos os impactados pelo negócio, sejam eles sócios, acionistas, funcionários, clientes ou segmentos da sociedade.

Startups

Uma empresa projetada desde o início para ser grande! Eric Ries, autor do livro ‘Lean startup’, define startup como ‘um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza’. Descubra ferramentas para começar o seu negócio no curso online da Endeavor para Startups.

Validação

Ter alguém validando sua ideia, ou seja, se tornando um cliente, usuário, ou estando engajado de qualquer forma ativa em seu negócio, é o sinal verde de que ele pode dar certo. Mas a validação é um exercício constante, um processo que exige flexibilidade, agilidade e resiliência para recomeçar diversas vezes e não desistir.

VC (Venture Capital)

Traduzido como ‘capital de risco’, os VCs apoiam empresas de pequeno e médio porte já estabelecidas e com potencial de crescimento. Com duração média de 5 a 7 anos, os recursos investidos financiam as primeiras expansões, levando o negócio a novos patamares no mercado.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO impacto do SXSW para o empreendedor brasileiro
Somos uma plataforma digital e um espaço de inovação dentro da feira HospitalMed. Na Startup Health, 20 startups mostram suas soluções para melhorar a qualidade de vida das pessoas, reduzir custos e aumentar a eficiência das empresas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here